morandi

Devido à pandemia do novo coronavírus (Covid-19), as cidades de Mato Grosso do Sul determinaram o fechamento do comércio, permitindo apenas o funcionamento de serviços essenciais. Pensando nisso e com o objetivo de provar que o período de isolamento social não precisa ser sinônimo de tédio, o Sesi e o Senai decidiram disponibilizar gratuitamente 23 cursos na modalidade EAD (Educação a Distância) quem vai ficar em casa e deseja se preparar para o mercado de trabalho.

Os interessados podem acessar os links [www.ead.ms.senai.br/cursos/iniciacao_profissional/ e https://ead.sesi.org.br/ms/?anonymous=1#coursecatalog](http://www.ead.ms.senai.br/cursos/iniciacao_profissional/ e https://ead.sesi.org.br/ms/?anonymous=1#coursecatalog). De acordo com o presidente da Fiems, Sérgio Longen, a iniciativa faz parte da mobilização de todo o Sistema Indústria para contribuir com a sociedade. “A gente tem trabalhado incansavelmente para que cada um faça um pouco daquilo que é possível”, afirmou.

Ele completa que os cursos disponibilizados do Sesi e do Senai estão tendo uma procura muito grande por parte da população. “Isso nos mostra que os trabalhadores em casa são uma preocupação, mas também há o lado bom, porque eles não estão à toa. Pelo contrário, estão buscando se qualificar e se preparar. São números significativos e essa foi uma saída para qualificar os trabalhadores no momento de crise”, afirmou.

Senai

O Senai oferece, no total, 18 cursos gratuitos, que são consumo consciente de energia, desenho arquitetônico, desvendando a Indústria 4.0, educação ambiental, empreendedorismo, finanças pessoais, fundamentos de logística, logística de programação, metrologia, noções básicas de mecânica automotiva, propriedade intelectual, segurança do trabalho, tecnologia da informação e comunicação, conhecimentos fundamentais de editor de apresentação eletrônica (Power Point), conhecimentos fundamentais de editor de texto (Word), conhecimentos fundamentais planilha eletrônica (Excel), contabilidade para não contadores e fundamentos de gestão de pessoa.

“O Senai é referência em educação profissional e, em um momento delicado que o País atravessa, preocupados com a saúde de nossos alunos e colaboradores, decidimos disponibilizar gratuitamente essas formações que já foram formatadas para serem oferecidas para a população. Em menos de uma semana, já tivemos mais de 65 mil pessoas matriculadas, o que mostra que a sociedade está empenhada em se manter ativa, apesar do isolamento social”, destacou o diretor-regional do Senai, Rodolpho Caesar Mangialardo.

Sesi

Já o Sesi está com cinco cursos grátis disponíveis, que são administre o seu tempo, atendimento ao público e ao cliente, satisfação do cliente, saúde da mulher, e Libras – Língua Brasileira de Sinais e, até a semana passada, já tinha mais de 90 inscritos. Para superintendente do Sesi, Bergon Amarilla, a oferta é uma forma de atender a população numa situação como a que estamos vivendo.

“São curso com temas aderentes não só para industriários, como para a população de modo geral, que podem contribuir com a formação das pessoas e acredito que é nossa forma de contribuir de alguma forma para o momento que vivemos. Estamos com a plataforma funcionando perfeitamente, preparada para atender todas as demandas que surgirem e, aos poucos, deveremos disponibilizar outros cursos”, finalizou Bergson Amarilla.

Reprodução: Dourados Agora